User-agent: Mediapartners-Google Disallow: User-agent: * Disallow: /search Allow: / Sitemap: https://projectdollarscast.blogspot.com/sitemap.xml Análise semanal - Bleach #678 - DollarsCast

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Análise semanal - Bleach #678

The future black
Yo meninos e meninas, crianças e crianços, senhores e senhoras, etc. Mais uma semana veio (voando) e cá estamos nós para analisar mais um capítulo de Bleach. Antes de começar, quero apenas abrir aquele freetalk maroto e dizer que essa é a análise mais “fácil” de se fazer, até por não acontecer muita coisa, mas quando ocorre é trabalhoso (e dá preguiça).
Enfim, depois desse comentário BEM NON SENSE, vamos comentar o capítulo que está meio surpreendente.

Capítulo 678 – The future Black

Desculpe o palavreado que direi, mas é preciso: fodeu legal. Pronto, acho que só essas duas palavras já descrevem a sensação que tive ao terminar de ler esse capítulo. Só essas duas, simples, palavras definem todo clima que o Kubo conseguiu deixar esse término, mas vamos com calma que estou me exaltando.
Vamos do começo...
Vamos para parte que eu surto em ver o Ichigo liberando bankai de novo, depois de mais de 100 capítulos sem sequer o ouvir falar “BANKAI”, depois de repetir que conhece o desespero. Agora vamos para parte que eu me choco ao ver duas Double Page, em uma ele está com a Bankai, na outra a Zanpakutou está partida ao meio (SEGUNDA VEZ NESSA PORRA DE ARCO ICHIGO! CARALHO!).
Pronto... agora podemos começar a comentar, pois o que se segue é uma sequência do Ichigo com cara de paisagem, tomando aquela surra homérica e isso, simplesmente, não estava fazendo sentido algum; pois todos sabíamos, até aqui, que a habilidade “All Mighty” do Yhwach era de “prever o futuro” e, como temos ciência, o futuro é algo que pode ser mudado por ter inúmeras possibilidades. Agora pensem comigo queridos leitores, o que seria do futuro se algum filho da puta pudesse apagar todas essas possibilidades, transformando elas? Pensaram... Pois então, é isso que o nosso querido final boss pode fazer. Ele simplesmente pode tornar toda aquela ladainha de futuro mutável lenda para boi dormir.
Sinceramente, para mim, essa é a sacada que precisava para surpreender. Era esse o plot twitst que há tempos eu não via em Bleach e, por vê-lo a essa altura do campeonato, fui pego de calça curta e na surpresa. Agora fica mais claro o porquê do Jugram mencionar enquanto lutava contra o Ishida que a habilidade de All Mighty era temível por ser algo além de enxergar o futuro, era por isso que o Yhwach sempre se sentia seguro de sua vitória, pois ele podia colocar as possibilidades de mudança de futuro a um simples nada.
Creio que nem é preciso dizer que, nesse momento, nosso protagonista ficou face a face com um desespero bem mais profundo do que nas vezes anteriores. Convém lembrarmos que em todas as outras batalhas ele tinha como vencer, ele podia mudar as coisas a seu favor e aqui o cenário é bem diferente, fora a, esmagadora, diferença de poderes, o cara pode transformar o futuro.
Conhecendo o Kubo, sei que ele não deixará a peteca cair nessa altura e já deve ter alguma carta na manga para virar esse jogo (ou equilibrá-lo). Até porque, sejamos francos: ele não vai fazer seu protagonista ser derrota, pois protagonistas não perdem. Dificilmente morrem e sempre viram o jogo quando a situação está desfavorável; logo é esperado um plot twist para o jogo virar e termos um possível happy end.
Mas, se fosse para apostar em algo, apostaria na aparição do Ishin (finalmente) para balancear o jogo e fazer a luta ficar mais disputada. Até porque, Ichigo está desesperado, Inoue não serve para nada e o Yhwach está um passado de acabar com toda essa história. Em todo caso, aguardemos a próxima semana para ver o que está nos sendo reservado. 

Postar um comentário