User-agent: Mediapartners-Google Disallow: User-agent: * Disallow: /search Allow: / Sitemap: https://projectdollarscast.blogspot.com/sitemap.xml Análise semanal - Boku no Hero Academia #106 - DollarsCast

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Análise semanal - Boku no Hero Academia #106

That’s the state of my head

Fala meu povo! Estou sumido por motivos de trabalho, porém não esqueci nem de vocês e nem da existência das análises dos mangás. Dessa vez estou aqui com a análise semanal um pouco atrasada, mas não relegada ao esquecimento.
Enfim, vamos ao capítulo da semana que tem algumas coisas a serem comentadas.

Capítulo 106 – “Classe – 1- A”

Bem, antes de começarmos efetivamente, vamos dar os parabéns a nossa amada Academia de heróis por seus dois anos de publicação na Jump e por seu sucesso ao longo desse tempo. Sabemos que o Kohei já brincou com o fator três dígitos, mas faltou essa brincadeira com o aniversário de dois anos (dois fatos inéditos na carreira do autor); em todo caso, fomos agraciados com uma página dupla bonitona e com o anúncio do novo concurso de popularidade (que deveras me anima, até para descobrir os personagens populares [Top 5] na cabeça dos japoneses).
Passada essas páginas começa, efetivamente, o capítulo. E já começamos com um número parcial de alunos aprovados, deixando evidente que já passamos da metade dos 100 que conseguirão suas licenças provisórias; tendo, até então, apenas o Todoroki como aluno da U.A sendo aprovado. Quando ele entra na sala dos aprovados, ele encontra com o aluno da Shiketsu que eliminou boa parte e este, ao vê-lo, se mostra com um certo ódio; o que mostra uma certa rivalidade alimentada por parte dele; e eu aguardo ansiosamente por uma luta entre eles.
Mudando o foco, voltamos para o embate do Deku contra a garota estranha e quando ela parte para uma nova ofensiva, eis que temos o Sero e a Uraraka dando aquela força para nosso protagonista e fazendo ele se livrar daquela adversária (que estava nua [?]); após isso eis que eles começam a elaborar uma iniciativa/estratégia para vencerem aqueles aspirante a heróis e passarem no teste, para isso o Midoriya se coloca como isca para utilizar as habilidades combinadas e conseguirem efetivar o plano com sucesso.
Nisso vamos para outro foco, dessa vez no Bakugou que entrará em confronto com outro aluno do colégio Shiketsu, mas esse aluno diz que os alunos da classe 1-A arruinaram a reputação da U.A; diria que ele tem uma certa razão nisso, em especial por saber que toda vez que dá merda é culpa da turminha do barulho, assim como todos os confrontos com vilões pegou essa classe como alvo. Enfim, não tiro a razão do cara ter ficado puto, porém é burrice abrir um confronto direto justamente com o cara mais estourado da turma e isso depois de querer demonstrar que é “superior”. Sinto cheiro de treta forte e que pode ser bem trabalhada, mas vamos ver se o Kohei vai seguir essa linha de raciocínio.
Para finalizar o capítulo temos o Aizawa conversando com a professora da Shiketsu e comentando que, apesar dos pesares, tem curiosidade em ver até onde nossa classe favorita pode chegar, pois a turma possui dois alunos bem peculiares que motivam a classe toda do modo deles e isso faz com que todos busquem melhor desenvolvimento dentro do que se espera de futuros heróis. Sinceramente, esse foi um momento que deixou aquela pontada de expectativa para o próximo capítulo e para onde iremos com essa dupla na “liderança” do pessoal.

Mas para todos os fins, só veremos isso na próxima semana. Então até lá.
Postar um comentário